De olho nas eleições de 2016, PSB e PPS anunciam começo de fusão

O PSB e o PPS anunciaram nesta quarta-feira (29) que iniciaram um processo de fusão. As duas siglas querem acelerar o processo de unificação para participar das eleições de 2016, que exigem que os seus candidatos estejam formalmente filiados a um determinado partido até outubro deste ano.

Na Paraíba, a união coloca Nonato Bandeira, vice-prefeito de João Pessoa e presidente estadual do PPS, e Ricardo Coutinho, governador e líder do PSB no estado, num mesmo caminho partidário, mas Nonato deve arrumar uma uma nova bandeira de partido para se filiar. Ex-aliados, Ricardo e Nonato cortaram relacionamentos em 2011.

Somados, PSB e PPS passarão a ter três governadores, 45 deputados federais, 588 prefeitos, 92 deputados estaduais e 5.831 vereadores, até os filiados decidirem se permanecem, ou não nos partidos.

Comentários

comentários