Estado divulga nota sobre “boatos” de violência e pede ajuda da população

Palácio da Redenção, sede do Governo da Paraíba

O Governo do Estado divulgou uma nota oficial apontando que uma série de boatos tentaram ampliar a sensação de insegurança em Campina Grande nesta quarta-feira (13). Na nota, o Estado pede ajuda da população para identificar os bandidos que atearam fogo em ônibus.

Veja nota na íntegra:

O Governo da Paraíba vem a público repudiar, veementemente, a onda de boatos que vem sendo difundida na cidade de Campina Grande. São inverídicas todas e quaisquer informações que apontem para suposta ação organizada de criminosos em espaços públicos e privados ou toque de recolher na cidade.

Incidentes registrados nesta quarta-feira (13), a exemplo da rebelião provocada por apenados do presídio do Serrotão, já devidamente contornada, e o fogo ateado contra um ônibus, serviram de pano de fundo para que mentiras fossem irresponsavelmente veiculadas.

O Governo pede para que, no lugar de dar ouvidos ao terrorismo criminosamente difundido por alguns, a população ajude as polícias denunciando e informando sobre fatos e casos reais, a fim de que o trabalho de segurança não seja confundido por boatos e mentiras, desperdiçando tempo e energia em verificar ações inexistentes.

Informa ainda que os operadores da segurança da Paraíba estão nas ruas de Campina Grande trabalhando para assegurar a paz e a segurança dos cidadãos, ao mesmo tempo que prepara novas ações de combate ao crime na cidade.

Comentários

comentários