Nova visita a família que come ratos na Paraíba

Casa de taipa é comum na região onde a família mora

Nesta terça-feira voltei a Alagoa Grande para visitar a família que come rato, desta vez fomos levar as doações dos ouvintes da Rede Correio para a família, cerca de 500Kg de alimentos, roupas, brinquedos e dinheiro para pagar as contas em atraso. Nesta visita fui acompanhado por João Paiva que fez o registro.

Agora, Arlinda Bento, 33 anos, a viúva que viu seu marido se matar na última semana dentro de casa não quer mais morar no mesmo local. Ela já está com um terreno para construir outra moradia, por enquanto, Arlinda e seus oito filhos estão morando em uma casa com vizinhos.

No vídeo mostro parte desta realidade no interior da Paraíba.

Comentários

comentários