Raoni ‘arruma’ justificativa jurídica para deixar o PDT: “justa causa”

Sem medo de perder o mandato por infidelidade partidária, o vereador Raoni Mendes disse nesta quinta-feira (6) que já tem justificativa jurídica para deixar o PDT. Ele definiu sua permanência na legenda como  um “sofrimento”.

 

O parlamentar afirmou que depois de realizar um convenção partidária sem lhe avisar, o partido lhe deu condições jurídicas para sair da legenda por exclusão, apontando sua saída como “justa causa”.  “A porta da casa é a serventia da rua. Eu percebo que o PDT não me quer lá e essa é a hora de reavaliar a justa causa”.

 

Comentários

comentários