Vereador de JP vai ganhar alforria para deixar partido sem ser infiel

É verdade que a maior parte da população não sabe que ele é vereador, já que pelo segundo mandato consecutivo Pedro Alberto Coutinho se  dedica ao Instituto de Previdência do Município (IPM), porém ele está de olho na candidatura de reeleição.

O vereador, eleito em 2012 pelo PTB, vai ser liberado a sair do partido, sem correr o risco de sofrer um processo por infidelidade partidária.  A decisão já foi tomada pelos comandantes estaduais da legenda: Wilson Santiago e Wilson Filho.

O motivo é simples: os  ‘Wilsons’ não querem atrapalhar o ‘vereador’ governista, nem querem que Pedro Coutinho seja um rebelde às pretensões do partido em fazer oposição ao prefeito Luciano Cartaxo (PT).

 

Écliton Monteiro

Comentários

comentários