Campina Grande terá feirão de imóveis para servidores

Em outubro, Campina Grande vai comemorar mais um aniversário de emancipação política, mas quem vai ganhar o presente será o servidor público. Isto porque o prefeito Romero Rodrigues anunciou, na manhã desta sexta-feira, 18, a realização do I Feirão de Imóveis destinados exclusivamente aos servidores públicos. A promoção inovadora, acontecerá nos dias 30 de setembro, 1 e 2 de outubro, das 10 às 20h, no Museu Vivo de Ciência e Tecnologia. A expectativa é que sejam financiados mais de 400 imóveis prontos ou em vias de conclusão.

A realização do feirão será possível graças a uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Campina Grande, Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Paraíba (Sinduscom) e Caixa Econômica Federal (CEF). Para tanto, aconteceu, nesta sexta-feira, 18, uma reunião na sede da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep). Além do prefeito Romero Rodrigues, estavam presentes os secretários André Agra (Obras); Paulo Roberto Diniz (Administração); o presidente do Sinduscom, João Batista Sales Porto; e o superintendente regional da CEF, Anacleto Grosbelli.

Os imóveis a serem financiados foram construídos em várias áreas da cidade, tendo um valor de mercado entre R$ 100 mil e R$ 500 mil. Eles serão financiados pela Caixa Econômica Federal, mediante a aplicação de juros baixos. Com isso, conforme destacou Anacleto Grosbelli, a iniciativa tem um caráter social muito importante, além de movimentar a economia, sobretudo o setor imobiliário, neste período de crise. A conjuntura, em seu entendimento, estimula ainda mais a união de forças entre os setores público e privado, em busca de soluções para os problemas enfrentados pela população.

Na visão do prefeito Romero Rodrigues, a reunião foi bastante produtiva, levando-se em conta o esforço de cada setor envolvido, com o intuito de contribuir para a realização do sonho da casa própria para a categoria dos servidores públicos municipais.

“De fato, a CEF se dispõe a financiar imóveis, inclusive baixando os juros em torno de meio por cento, o Sinduscom se compromete a baixar o preço das moradias e a Prefeitura fará a isenção de um importante imposto, que é o ITBI. Estamos, assim, criando um modelo que seja exitoso e facilite a vida do servidor, beneficiando aqueles que tem a faixa salarial acima de R$ 1.600,00. O aniversário da cidade está chegando e a gente quer presentear aquele que faz Campina Grande, ou seja, o servidor municipal”, afirmou Romero.

O prefeito garantiu que o Feirão contará com a presença de todos os empresários do setor de construção civil de Campina Grande, cujas equipes estarão mostrando aos servidores as melhores opções em termos de moradia, seja casa ou mesmo apartamento.  “Na ocasião, a Caixa Econômica fará simulação do valor da prestação, mostrando a viabilidade deste tipo de investimento por parte dos servidores em geral, especialmente da PMCG”, acrescentou, aproveitando para lembrar que, no mesmo período do feirão, o governo municipal estará concluindo o recadastramento dos servidores, tendo como local, inclusive, as próprias dependências do Museu Vivo da Ciência.

Por sua vez, o presidente do Sindicato da Construção, João Batista Sales Porto, avaliou a reunião como “extremamente positiva, pois o feirão fará com que o servidor público municipal, que não tenha casa própria, possa finalmente concretizar este sonho”. Ele garantiu que corretores devidamente preparados estarão no Museu Vivo da Ciência para atender e tirar todas as dúvidas das pessoas interessadas, mas, sobretudo, mostrando a viabilidade deste negócio. Também acredita que a meta da venda deverá ser superada, aumentando a quantidade de opções por parte dos servidores públicos de Campina Grande.

“Trata-se de uma oportunidade imperdível, por conta de três situações de favorecimento: primeiro, a PMCG dando isenções; segundo a CEF reduzindo a sua taxa de juros e, por último, as construtoras fazendo um preço especial para este evento. É uma oportunidade raríssima que, em momento algum, o servidor vai encontrar. Só neste momento”, alertou.

A reunião que definiu os detalhes do I Feirão de Imóveis para Servidores Municipais contou com a participação de donos e representantes de várias construtoras, entre elas Marka, Batista Sales, Cipresa, Cirne, Dijuan, WB, Edificar, MGA2.

 

Política&etc

Comentários

comentários