PMCG empresta dinheiro até para quem esta ‘com nome sujo’

Começa nesta terça-feira (15) o processo de cadastramento das pessoas interessadas no Programa de Microcrédito Social, implantado pela Agência Municipal de Desenvolvimento (Amde), por orientação do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues. Não haverá, ainda, qualquer tipo de restrição contra os que estiverem com problemas em relação ao Serasa ou Sistema de Proteção ao Crédito (SPC).A confirmação do início das atividades do programa foi dada pelo presidente da Amde, o vereador licenciado Sargento Régis.

“Já realizamos o treinamento do pessoal destinado a atender especificamente os interessados que tenham perfil adequado a este tipo de programa. Uma sala da Amde, inclusive, foi reservada para o cumprimento desta finalidade. Vamos, então, contemplar microempreendedores carentes, tornando possível a geração de mais oportunidades de trabalho em Campina Grande”, afirmou.

A iniciativa vai beneficiar quem almeja desfrutar de uma nova oportunidade de inserção no mercado de trabalho. Os empréstimos vão girar entre R$ 100,00 a R$ 500,00. Para tanto, os interessados devem expor, quando do cadastramento, como pretendem investir o dinheiro a ser liberado para mais este programa do nosso governo.

Segundo do presidente da Amde, o programa foi esboçado com base em vários estudos e análises da economia local e terá grande alcance social por atender às necessidades de pessoas comprovadamente carentes.

 

Redação 

Comentários

comentários