OAB-PB aprova repúdio a Bolsonaro e Jean Wyllys

O Conselho Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), aprovou, na sessão desta sexta-feira (29), apoio a nota de repúdio emitida pelo Conselho Federal da entidade ao deputado federal Jair Bolsonaro, que durante a votação da admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, no último dia 17, enalteceu o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, acusado de tortura na Ditadura Militar.

 

Na nota, a OAB afirma que o voto de Bolsonaro tem clara apologia a um crime ao exaltar a figura de um notório torturador.

 

A Ordem afirma que “não é aceitável que figuras públicas, no exercício de um poder delegado pelo povo, se utilizem da imunidade parlamentar para fazer esse tipo de manifestação num claro desrespeito aos Direitos Humanos e ao Estado Democrático de Direito”.

 

O Conselho Estadual da OAB-PB também manifestou apoio integral e irrestrito ao presidente da Seccional da OAB do Rio de Janeiro, Felipe Santa Cruz. Na última segunda-feira (25), a OAB-RJ protocolou na Câmara dos Deputados um pedido de cassação de Bolsonaro e o presidente da Seccional, Felipe Santa Cruz, foi hostilizado nas redes pessoais por conta deste ato.

 

Jean Wyllys

 

Na reunião de hoje, o Conselho Estadual da OAB-PB também aprovou repúdio ao ato do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) que, na mesma sessão da Câmara, cuspiu na direção do deputado Bolsonaro, após votar no processo de impeachmen

 

Assessoria

Tweet about this on TwitterShare on FacebookEmail this to someonePrint this page

Comentários

comentários