Kassab quer fortalecer Anatel e pode aumentar atribuições da agência

O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, durante abertura do seminário internacional Desafios e Oportunidades para a Adaptação às Mudanças Climáticas da Mobilidade Urbana (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ministro esteve hoje na sede da Anatel, onde conversou com os conselheiros e funcionários da agência.

O novo ministro ouviu dos conselheiros reclamações sobre a situação orçamentária da Anatel. Segundo Kassab, as dificuldades financeiras da agência são decorrentes da crise econômica. Ele afirmou que assumiu o compromisso de fazer um esforço para mostrar ao Ministério do Planejamento a importância da transferência de recursos para a agência.

Kassab anunciou alguns nomes que irão compor o novo ministério. Para a secretaria que vai cuidar de assuntos digitais e internet, ele convidou o ex-secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, Maximiliano Martinhão.

O atual secretário de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério de Ciência e Tecnologia, Jailson Andrade, deverá permanecer no cargo. A advogada Vanda Bonna Nogueira cuidará do setor de Radiodifusão e o ex-secretário executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia Álvaro Prata será o responsável pela Secretaria de Inovação.

André Borges, que era diretor corporativo da NET, será assessor especial do ministro, podendo também acumular a Secretaria de Telecomunicações.

Dentro da reestruturação dos ministérios feita pelo governo do presidente interino Michel Temer, o Ministério das Comunicações foi incorporado ao Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Kassab destacou como um dos desafios do setor a importância de transmitir segurança aos investidores. “Esse é um desafio permanente. Ninguém investe seu capital se não tiver segurança. O Brasil precisa continuar transmitindo segurança, com políticas públicas que fortaleçam a fiscalização e ganhos para o país”.

Ele disse ainda que o governo vai trabalhar para ampliar o acesso à internet. “Vamos precisar encontrar uma engenharia financeira para atingir esses objetivos, mas vamos procurar avançar, criar condições de levar a internet com maior intensidade, mais velocidade para todo o país”, concluiu.

Agência Brasil

Comentários

comentários