Morre radialista, ex-Tabajara, Sanhauá e Correio; corpo é velado em JP

Faleceu na madrugada deste sábado (28) o radialista Marcônio Edson, o “Chapéu de Couro”. Chapéu teve maior destaque em sua carreira nas décadas de 70 a 90. Marcônio conquistou o respeito e admiração dos seus ouvintes e colegas de trabalho por sua altivez em transmitir informação.
Chapéu de Couro trabalhou nas rádios Tabajara, Sanhauá, Correio e passou uma temporada na 104,9 FM. Ele foi presidente dos Alcoólicos Anônimos na Paraíba, onde contribuiu muito com a sociedade e famílias do nosso estado, trabalhando na recuperação da dignidade do ser humano, através do combate ao álcool.
Em 1984 foi candidato a Deputado Federal.
O Radialista morava no Valentina Figueiredo. Ele deixa a viúva, Maria Montoto de Alencar, 6 filhos e 5 netos.
O corpo esta sendo velado na Central de Velórios Morada da paz em Jaguaribe e o sepultamento deve acontecer no final da tarde, em João Pessoa.
Política&etc

Comentários

comentários