Lei institui o ‘Forró’ como patrimônio imaterial na Capital

O mês de junho, em toda a região Nordeste brasileira, é marcado pela alegria e descontração dos festejos juninos, onde são enaltecidas as nossas tradições populares, seja através de comidas e bebidas típicas, da dança e da música em seus mais variados ritmos. No campo musical, o autêntico forró pé-de-serra tem sido um desses símbolos que bem representam a nossa cultura regional. É como forma de resguardar a importância desse ícone que traduz as verdadeiras raízes nordestinas, na capital paraibana, a Lei de Nº 12.356/2012, de autoria do vereador Ubiratan Pereira – Bira (PSD), instituiu o registro do “Forró” como patrimônio imaterial do município de João Pessoa.

 

“Essa foi uma forma de contribuirmos com a valorização desse importante ícone das nossas raízes culturais, para que novas gerações possam não só conhecer, mas também reconhecer o nosso autêntico forró como patrimônio imaterial do município”, destacou o parlamentar pessoense, que ao longo dos seus dois mandatos na Câmara Municipal de João Pessoa, tem sempre mantido diálogo com vários integrantes da cultura nordestina levando apoio e incentivo de preservação e valorização da cultura musical e dos artistas locais comprometidos com a causa e comemorações de datas oficiais ligadas à Cultura do Forró.

 

Bira inclusive esteve reunido com representantes da Associação dos Forrozeiros Pé-de-Serra do Estado da Paraíba, onde se inteirou das projeções de atividades e ações da entidade cultural e reafirmou seu compromisso de luta para fortalecer e alavancar a Cultura Nordestina.

 

O gabinete do parlamentar também ainda participado diretamente dos encontros da Associação Cultural Balaio Nordeste (A.C.B.N), a exemplo do Encontro Nacional para Salvaguarda das Matrizes do Forró, realizado na Capital, no último mês de julho. O evento elevou as discussões sobre a preservação do Forró como patrimônio imaterial brasileiro, com o apoio do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e Secretaria de Estado da Cultura (Secult-PB) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas na Paraíba (Sebrae – PB).

 

Assessoria

Tweet about this on TwitterShare on FacebookEmail this to someonePrint this page

Comentários

comentários