VOTO FANTASMA: ALPB registra voto do presidente da Casa sem ele estar em plenário

Adriano Galdino

“O que aconteceu hoje é gravíssimo. Foi computado o voto do presidente da Assembleia, que estava ausente da sessão. Inclusive, ele é o único que pode votar duas vezes. Sugeri que votássemos da forma manual e foi o que aconteceu. Mas além disso, estamos cobrando uma auditoria no painel porque o que aconteceu é muito grave. Se isso acontecesse em outra gestão, imagine o que não estariam dizendo”. A declaração é do deputado Raniery Paulino que identificou a falha durante a votação de veto na Assembleia Legislativa.

Paulino destacou que na ALPB, o presidente Adrano Galdino (PSB) tem, na prática, o direito de votar duas vezes já que recentemente uma resolução garantiu o direito a voto do presidente em todas as votações e, como acontece nas outras casas legislativas, cabe ao presidente votar em caso de empate nas votações.

 

Écliton Monteiro 

Comentários

comentários