Rômulo Gouveia adianta que votará pela cassação de Eduardo Cunha

O deputado paraibano Rômulo Gouveia, vice-líder do PSD na Câmara Federal, adiantou nesta quinta-feira (8) que vai participar da sessão marcada para a próxima segunda-feira (12), que vai analisar o pedido de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e votar pela cassação.

Gouveia determinou a sua assessoria que readaptasse sua agenda para poder retornar, com antecedência, para Brasília. Ele tem atuado ativamente de campanhas de aliados na Paraíba, mas afirmou que a votação de segunda interessa a todos os brasileiros e adiantou que vai votar pela cassação do mandato do deputado carioca. “No que depender de mim, não haverá esvaziamento na sessão desta segunda”, disse.

O processo de Cunha na Câmara é o mais longo da história da Casa. Para que o Plenário aprove a recomendação do Conselho de Ética de cassar o mandato do deputado afastado, é necessário o apoio de ao menos 257 dos 513 parlamentares.

A decisão de Rômulo Gouveia já foi registrada, nesta quinta-feira, em grandes veículos de comunicação nacional como O Globo e o Congresso em Foco.

 

 

Assessoria

Comentários

comentários