Cartaxo vai reunir a bancada para discutir a presidência da Câmara e avisa que quer “união”

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), esta acompanhando de perto as discussões para a eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal. Ele avaliou como “natural” o surgimento de vários nomes para disputar a presidência da Casa, mas avisou que quer “união da bancada aliada na eleição e sem ser claro na sua preferência, faz questão de ressaltar a harmonia que teve com a administração de Durval Ferreira (PP) na Casa.

“Nestes quatro anos, nós não tivemos grandes conflitos com a Câmara Municipal e isso é bom para a cidade. O Poder tem que ter independência, mas também harmonia, e isso ajudou bastante a gente trabalhar mais pela cidade e eu quero isso, todo mundo trabalhando junto”, disse.

O prefeito deixou claro que vaio contribuir para a definição do nome de consenso. A preocupação é que a bancada aliada se divida e dê chance para a oposição eleger o presidente: “Nós vamos reunir a nossa bancada, são 16 vereadores, para a gente começar a construir um consenso. É natural que tenha mais de um candidato neste momento, cada um tem sua vontade de contribuir com o crescimento da Câmara Municipal e acho que a receita, o caminho, é o diálogo; é mostrar a importância desta bancada permanecer unida  e construir o consenso e escolher o nome que vai representar nossa bancada e assim criar o diálogo com a oposição”, disse.

 

Cartaxo vai reunir a bancada para discutir o tema, mas disse que não irá impor nome: “Vou procurar ajudar nessa discussão. Eu sei que são poderes distintos e eu não sou aquele gestor de fazer uma intervenção no poder e dizer: é assim, é do jeito que eu quero, tem que ser na marra e cada um tem que seguir o que eu estou dizendo. Nunca fiz política desse jeito. Então nós vamos estabelecer o diálogo, o bom debate”.

 

Écliton Monteiro

 

Comentários

comentários