Veja notas do Informe desta sexta

Efeito colateral. A ‘doença’ do deputado estadual Jullys Roberto transformou o combativo Aníbal Marcolino em governista. Após a licença para tratamento de saúde de Jullys, Aníbal assume o mandato na próxima semana.

Distritão. Se a proposta de ser eleito os mais votados, aprovado na Comissão Especial de Reforma Política, quatro deputados estaduais não teriam conseguido mandato na ALPB em 2014: Janduy Carneiro, Genival Matias, Inácio Falcão e João Bosco.

Do outro lado. Quatro suplentes , que receberam mais votos do que os eleitos teriam garantido mandato em 2014: Carlos Batinga, Antônio Mineral, Eva Gouveia e Jullys Roberto.

Canal de Bodocongó . O Senador Raimundo Lira conseguiu empenhar R$ 44 milhões de uma Emenda de Bancada para investimento no na obra, em Campina Grande, que vai da Avenida Floriano Peixoto até a Alça Sudoeste. O valor representa 55% do valor total da obra.

Escapou. O ministro do STF, Edson Fachin, decidiu não incluir o presidente Michel Temer no inquérito que investiga integrantes do PMDB da Câmara dos Deputados no âmbito da Operação Lava Jato. O pedido foi feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

 

Leia coluna completa no Jornal correio da Paraíba

Comentários

comentários