Veja notas do Informe desta quarta

Repercussão. O caso do vigia que ateou fogo em uma professora e seus alunos em uma creche de Minas Gerais inspirou um PL do vereador Dinho em João Pessoa. O parlamentar está propondo que todos os servidores dos Creis tenham avaliação psiquiatra anual.

 

Campanha. A ALPB iniciou a arrecadação de lenços que serão entregues em instituições de saúde que cuidam de pacientes com câncer de mama. O movimento mobiliza as 27 assembleias legislativas do país.

 

Mais um. Como a coluna antecipou na semana passada, o deputado Jeová Campos confirmou que vai tirar uma licença para tratamento de saúde, garantindo assim a chegada de outro suplente na ALPB. O médico Djalma Bento Júnior (DEM) teve 8.897 votos.

 

Maranhão em CG. O senador tem deixado claro que desapegou de Veneziano e da família Vital na Rainha da Borborema. Primeiro se encontrou com o deputado Rômulo Gouveia no final de semana e ontem almoçou com Romero Rodrigues.

 

Raimundo Lira. Em menos de 24 horas, o senador peemedebista se reuniu com vários deputados aliados de Ricardo Coutinho, participou de evento ao lado de Romero Rodrigues, de outro com Luciano Cartaxo e ainda encontrou o senador José Maranhão.

 

Coletivo.  O desembargador João Benedito determinou que a passagem de ônibus passe a ser de R$ 3,30 em João Pessoa. De acordo com a decisão, a PMJP tem até 10 dias para implantar o novo valor, ou pagará multa diária de R$ 10 mil. Será que é justo?

 

 

Veja coluna completa no Jornal Correio da Paraíba

Comentários

comentários