Veja notas do Informe desta terça

Combinado. O deputado federal Veneziano Vital (MDB) combinou com o governador Ricardo Coutinho (PSB) e com o pré-candidato ao governo do PSB, João Azevedo, para ter o nome cotado para o Senado. Ele disse que autorizou os socialistas a porem seu nome entre os candidatos.

Olhão. Presidido pelo pai do deputado federal André Amaral, de mesmo nome, o Pros é um partido que está de olho nos membros do PMDB da Paraíba. Além do filho, André pai quer atrair o deputado federal Veneziano Vital e o senador Raimundo Lira. E ainda quer lançar Vené para o Senado.

Números. O governador Ricardo Coutinho concede hoje uma entrevista coletiva à imprensa, no Palácio da Redenção. Ricardo fará um balanço das ações realizadas pelo Governo do Estado na área da Segurança Pública em 2017. Ou seja, o governo vai contar vantagens com bons números.

Candidato. O apresentador Samuka Duarte deve retornar das férias com uma novidade. Ele quer entrar na disputa por uma vaga na ALPB. O apresentador já tem confidenciado para amigos o interesse. Depois do rádio, ele deve fazer uma dobradinha com Emerson Machado nas eleições.

Barrada. Após decisões favoráveis, a Justiça suspendeu a posse da deputada Cristiane Brasil como ministra do Trabalho. A decisão foi do juiz Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal de Niterói (RJ). Outras duas juízas federais haviam negado liminar suspendendo a posse.

Aliança. Bruno Roberto, filho do deputado federal Wellington Roberto (PR), entregou o cargo de secretário ao governador Ricardo Coutinho (PSB). A saída acontece em meio as negociações do PR com o senador José Maranhão (MDB). O senador trabalha para ter o PR na sua chapa.

 

Leia coluna completa no Jornal Correio da Paraíba

Comentários

comentários