VÍDEO: Convidada para ser ministra da Cidadania de Bolsonaro pediu voto para Eliza Virgínia

Advogada, educadora, pastora evangélica e uma das mais ativas militantes pró-vida e pró-família do Congresso Nacional, Damares Alves foi convidada pelo presidente eleito Jair Bolsonaro para ser ministra da Cidadania, pasta que incluirá os Direitos Humanos, Mulheres e Igualdade Racial. A futura ministra é amiga da vereadora de João Pessoa Eliza Virgínia é uma das que pediu voto pessoalmente para a parlamentar durante a disputa deste ano, onde a vereadora disputou uma vaga para Câmara Federal, ficando na primeira suplência. Eliza tem como bandeiras de mandato temas defendidos por Damares.

 

“Damares foi uma lutadora da frente da aprovação da Lei Muwaji, que impede o infanticídio no Brasil. Ela é conhecida em nosso o pais, pois vem fazendo um trabalho de alerta aos evangélicos e católicos, informando sobre o submundo da erotização das crianças no país, lutando contra a pedofilia, entre outras temáticas”, disse Eliza sobre a indicada ao ministério.

Comentários

comentários