Pâmela diz que aumento da passagem de ônibus em Campina é abusivo e propõe Audiência Pública

Foi protocolado, na última segunda-feira (04), na Câmara Municipal de Campina, pela Vereadora Pâmela Vital do Rêgo Freire um pedido de Audiência Pública, para debater a recente majoração da tarifa do transporte coletivo, feito pelo Conselho Municipal de Transporte Público de Campina Grande e sancionado pelo Prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues. Para ela, tal aumento foi inoportuno e abusivo. Ainda sobre o assunto, Pâmela protocolou no último dia 31/01/2019, através de uma denúncia de fato, junto ao Ministério Publico da Paraíba, na Curadoria do Consumidor, a intervenção do MP através da curadoria para analisar a legalidade ou abusividade do aumento, a fim de coibir quaisquer atos que atentem contra a Constituição Federal e as normas vigentes.

“Boa tarde Campina, nós estamos aqui em frente ao Ministério Público, porque protocolamos uma notícia de fato, exatamente, para questionar este aumento abusivo da tarifa de ônibus. Se vocês puderem continuem lutando, porque nós aqui na Câmara vamos continuar fazendo a mesma coisa”, disse Pâmela em recente vídeo postado nas suas redes sociais em frente ao MP. Veja o link: https://youtu.be/6CFoXXiO_RY

Pâmela reforçou que a PMCG não pode apoiar, somente o interesse econômico das empresas em detrimento do interesse da população, já que o povo trabalhador está sofrendo com as medidas antipopulares da atual gestão que têm produzido desemprego e achatamento salarial. A parlamentar lembrou que Campina segue sendo uma cidade, entre as cidades de médio porte e capitais brasileiras, com um alto valor de cobrança na passagem do transporte coletivo, valendo ressaltar que em Brasília o custo da passagem é de R$ 3,50, enquanto em Campina é de R$ 3,70.

Audiência Pública

A Vereadora aproveitou para informar que protocolou na Divisão Legislativa da Câmara Municipal o Requerimento nº 001/2019, que propõe que seja convocada e realizada uma Audiência Pública, no Plenário da Câmara Municipal, em data a ser marcada em conjunto com demais parlamentares e membros da sociedade civil organizada, para debater sobre a Tarifa do Transporte Coletivo na Cidade de Campina Grande.

“Observamos que a mídia local expôs desde o inicio das negociações diversos movimentos contrários realizados por trabalhadores e estudantes. Ocorre que quando um tema como aumento da tarifa do transporte coletivo vem a tona, se faz necessário um diálogo com toda a sociedade e a Administração Municipal para que haja um debate sobre o assunto de forma técnica. É o que estou propondo, convidando a Administração Municipal e a sociedade para aprofundar a análise do tema”, acrescentou Pâmela.

Comentários

comentários