PRIMEIRA MÃO: PSD confirma filiação de Romero Rodrigues e prefeito de CG deve assumir comando do partido na Paraíba

Com a ficha abonada pela presidente do diretório estadual do partidoEva Gouveia, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues Veiga, filiou-se nesta terça-feira (23) ao PSD.  A informação foi confirmada pelo Diretório Nacional do Partido.

Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD, saudou a chegada do prefeito. “Romero Rodrigues é um quadro muito experiente, prefeito reeleito da segunda maior cidade da Paraíba, Campina Grande, tendo já cumprido mandatos nos três níveis legislativos e, com a excelente gestão que vem desenvolvendo, terá papel de destaque no fortalecimento do PSD paraibano”, destacou.

Eva Gouveia, que assumiu a direção regional do partido em 2018, após o falecimento de seu marido, o deputado federal Rômulo Gouveia, também manifestou satisfação pela chegada do novo correligionário. Em texto divulgado nas redes sociais, ela afirma que “uma das minhas maiores missões como presidente do PSD era reavivar o desejo sempre sincero de Rômulo: receber nos quadros do nosso partido o prefeito Romero Rodrigues”.

Segundo Eva Gouveia, o prefeito “é um amigo de longa trajetória. Gestor competente, compromissado com as mudanças necessárias à comunidade, dedicado a reconstruir Campina Grande e inseri-la na rota do desenvolvimento”. Integrante do partido desde a sua criação, em 2011, Eva lembrou que, ao lado do marido, participou do processo que levou o PSD a mais de 200 municípios do Estado, onde hoje têm presença prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, além de diretórios municipais e comissões provisórias.

Considerada um dos principais polos industriais do Nordeste, bem como principal polo tecnológico da América Latina segundo a revista americana Newsweek, Campina Grande é o centro de uma região metropolitana formada por 19 municípios, com população estimada em 638.017 habitantes.

O prefeito Romero Rodrigues Veiga está no cargo desde 2013, tendo sido reeleito no primeiro turno de 2016 com 138.996 votos (62,86%). Nascido em Campina Grande, em 9 de janeiro de 1966, ele se formou em Agronomia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e tem mestrado na área. Ao longo de 24 anos de vida pública, exerceu os mandatos de vereador, deputado estadual e deputado federal, além de vários cargos no Poder Executivo, antes de ser eleito, em 2012, prefeito de Campina Grande.

Como engenheiro agrônomo, Romero atuou na Secretaria de Agricultura do Município de Campina Grande. Posteriormente, iniciou sua carreira política quando se candidatou e foi eleito vereador em 1992, sendo sucessivamente reeleito, sempre com votações ampliadas a cada disputa eleitoral. Foi eleito o “Vereador do Ano” em diversas oportunidades e presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, por três vezes. Chegou a assumir a Prefeitura de Campina Grande em diversas oportunidades, como dirigente do Poder Legislativo municipal.

Em 2006, Romero foi eleito deputado estadual da Paraíba, obtendo 38.014 votos, sendo o mais votado em Campina Grande. Exerceu o cargo de Secretário de Interiorização do Estado (2007-2008) e, depois, secretário-chefe da Casa Civil do Governo da Paraíba (2008-2009), na gestão do então governador Cássio Cunha Lima. Como deputado, foi apontado pela ONG Transparência Brasil como o parlamentar com maior atuação na Assembleia Legislativa da Paraíba em termos de relevância nas matérias apresentadas na Casa de “Epitácio Pessoa”. Dos 36 parlamentares da Casa, segundo a ONG, apenas quatro conseguiram se destacar com matérias consideradas relevantes.

Em 2010, Romero foi eleito deputado federal pela Paraíba com 95.202 votos. Seu trabalho desenvolvido na Câmara Federal em busca de benefícios para a população lhe proporcionou uma posição de destaque à frente de políticos com atuação no Senado Federal, Câmara dos Deputados e assembleias legislativas de todos os Estados.

 

 

Com informações do PSD

Comentários

comentários