Professores decretam greve e PMJP promete nova proposta na sexta

Cerca de 60 mil alunos da rede Municipal de ensino estão sem aula em João Pessoa, após paralisação, a categoria decidiu entrar em greve na próxima segunda-feira (16), mas vão permanecer paralisados até a sexta-feira (13).

A Prefeitura de João Pessoa divulgou uma nota onde avisa que irá apresentar uma nova proposta na sexta. A PMJP também afirma que havia um acordo para que os professores aguardassem até a proposta para decidir se entravam em greve, mas, segundo a gestão municipal, a categoria antecipou a decisão.

 

Veja a nota da PMJP

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), informa que tem uma negociação em andamento com os professores e servidores das escolas municipais.Durante a negociação foram ouvidas as solicitações dos professores, que atualmente recebem o segundo maior salário do Nordeste, e ficou acordado que a PMJP apresentaria uma proposta na próxima sexta-feira (13).
 
A reivindicação da categoria por ajuste salarial, veio no momento em que o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), do Governo Federal, sofreu redução de 4,2%. Apesar disso, a Prefeitura se prontificou a apresentar contraproposta, mas os professores se anteciparam e deflagraram a greve antes da reunião acordada. 
 
A reunião marcada para esta sexta-feira (13) entre a PMJP e categoria está mantida pela gestão municipal, assegurando o compromisso de dialogar com a categoria. 

Comentários

comentários