“A corda partiu”, afirma Gervásio Maia sobre sua situação no PMDB

Gervásio Maia

O deputado estadual Gervásio Maia afirmou que esgotou suas tentativas de acordo com o PMDB sobre sua liderança partidária. O peemedebista disse que está sendo “escanteado” na legenda, revelou que aliados seus estão tendo o comando do partido retirado em vários municípios e voltou a lembrar que não se tornou presidente do PMDB na Capital por causa de uma quebra de acordo.

“Lamentavelmente a corda partiu e eu fiz de tudo”, disse o deputado sobre o PMDB na Capital.

Questionado se deve deixar o partido, Gervásio não adiantou sua decisão. “Vou esperar a poeira sentar, ainda estou sobre emoção”.

Ele preferiu não definir quais são os dois lados do PMDB: “Quando a gente não sabe responder uma coisa, a gente entrega a Deus e ao tempo”.

Maia disse que aliados seus estão perdendo espaço no partido e que seus aliados estão tendo que arrumar a situação partidária com outras pessoas.

 

Écliton Monteiro

Comentários

comentários