Dirigente do PT estranha silêncio dos aliados de Dilma

A “crise política” instalada em Brasília está cada vez mais expondo os partidos que fizeram parte da coligação que resultou na reeleição da presidente Dilma Rousseff. Na Paraíba a visão de alguns petistas é de que até parece que o Partido dos Trabalhadores é o único que compõe o Governo Federal.

 

Na opinião do Secretário de Formação Política do Partido dos Trabalhadores em João Pessoa , o sociólogo David Soares de Souza, “o PT lidera a coligação, mas, a chapa que reelegeu a presidenta Dilma contou com nove partidos, e todos indicaram, e continuam indicando cargos no Governo Federal”.

 

“Ao que parece, Dilma não pode contar com determinados aliados em momentos de crises, e isto podemos verificar através da apatia da sua base. Todas as lideranças petistas, e de outros partidos de esquerda, fazem a defesa da presidenta e da democracia. Porém, é de estranhar o silêncio das demais lideranças partidárias que hoje indicam cargos de confiança no Governo Federal. Ficamos com a impressão que querem apenas o bônus, e parecem se esconder em momentos de dificuldade”, explicou.

 

O dirigente do PT finalizou a sua fala colocando ainda a existência de um paradoxo: “Aqueles que defendem abertamente a presidenta Dilma, sobretudo os movimentos sociais, pedem abertamente mudanças na política econômica, pois se preocupam, e querem que o governo, que foi eleito democraticamente, dê certo. Já os aliados, parecem ter outras preocupações”.

 

Comentários

comentários