Juiz nega direito de resposta de Cida para propaganda de Cartaxo que acusa socialista de praticar nepotismo e criar uma guerra eleitoral sem limites”

O juiz da propaganda de mídia, José Ferreira Ramos Júnior, indeferiu na tarde desta quinta-feira (8), um pedido de direito de resposta formulado pela coligação ‘Trabalho de Verdade’, encabeçada por Cida Ramos (PSB). A ação é sobre as inserções no guia eleitoral da coligação ‘Força da União por João Pessoa’, de Luciano Cartaxo (PSD).Na propaganda eleitoral, a coligação acusa Cida de “praticar nepotismo e de criar uma guerra eleitoral sem limites”.

“Vislumbro que a propaganda eleitoral que falou que ‘O que Cida quer é criar uma guerra eleitoral sem limites’, pelo menos nessa fase processual, não possui o intuito de degradar, ridicularizar, ferir a honra, a moral da candidata de oposição à Prefeitura de João Pessoa”, disse o magistrado em sua decisão.

O juiz ainda destacou que propaganda semelhante foi utilizada pela socialista em sua inserções.

 

Comentários

comentários