Documento mostra punição do PMDB para Veneziano

O partido divulgou uma nota sobre a punição aos parlamentares que votaram pelo prosseguimento das investigações da PGR contra o presidente Michel Temer. Entre os infiéis do PMDB esta Veneziano.

O PMDB, em cumprimento à decisão unânime da Comissão Executiva do partido, suspendeu por 60 dias, de suas funções partidárias, os deputados que votaram a favor da denúncia do presidente da República, Michel Temer. Esta decisão foi tomada por descumprimento dos parlamentares ao fechamento de questão sobre o assunto em reunião realizada no dia 12 de julho, em Brasília. O ato de suspensão já foi comunicado a todos os filiados e ao Conselho de Ética do partido.

Veja documento enviado ao TSE:

Comentários

comentários