Maranhão nega candidatura de esposa e diz que chapa da “oposição” surgiu em reunião secreta

O senador José Maranhão (MDB) não ficou satisfeito em não ser o escolhido para disputar o governo do estado em nome das oposições. Garantindo que sua candidatura é irrevogável, ele definiu como “reunião secreta” o encontro que definiu a chapa que terá Lucélio Cartaxo (PV) como candidato a governador.

“Minha esposa tem respeito a todos os políticos, mas não quer jamais participar da política porque acha que a carreira política é incompatível com a carreira de magistrada”, disse Maranhão sobre a especulação de que a desembargadora Fátima Bezerra poderia entrar na disputa.

Ele ainda criticou as definições da oposição. “Uma chapa que se formou com o irmão do prefeito da capital e a esposa do prefeito de Campina Grande, em uma reunião secreta”, disse.

Comentários

comentários