Cabedelo: Protesto e ‘sessão’ do lado de fora da Câmara ‘anula golpe’; Veja vídeo

A novela de corrupção e reviravolta política que a cidade de Cabedelo vem protagonizando desde a Operação Xeque-Mate deve ganhar muitos capítulos ainda. Na noite desta quinta, populares protestaram na frente da Casa e um grupo de vereador realizou uma sessão, do lado de fora da Casa, anulando a resolução que estabeleceu a eleição da nova Mesa Diretora da Câmara, que foi eleita após uma manobra da oposição na cidade,  patrocinada pelos vereadores Eudes, Geusa Ribeiro e Fabiana Régis.

Em meio ao protesto de populares, o procurador da Casa anunciou que não haveria sessão, mas os vereadores que compareceram ao local decidiram realizar uma sessão, do lado de fora do prédio, onde votaram a anulação da eleição que aconteceu na terça. Uma espécie de golpe no golpe. Acontece que Vitor Hugo deveria assumir a presidência da Casa em janeiro, mas, com a manobra adotada, Geusa é que passaria a ocupar o cargo, porém os vereadores anularam a decisão de terça. Agora é esperar para ver o que irá prevalecer.

O certo é que a briga jurídica deve durar na cidade. Primeiro o questionamento da legalidade da sessão de terça e provavelmente sobre a legalidade da sessão desta quinta.

Na prática, foi feito uma votação as pressas para tirar Vitor Hugo da prefeitura e agora vereadores deram à presidente da Câmara, Geusa Ribeiro, do mesmo remédio.

 

 

VEJA MAIS:

Veja os vídeos da confusão entre vereadores de Cabedelo

 

Golpe em Cabedelo? Política&etc antecipou manobra na Cidade Portuária

 

VÍDEO: Vitor Hugo diz que “golpe” em Cabedelo não passará na Justiça: “Crime deixa rastro”

 

 

Comentários

comentários